PublicaçõesAcompanhe nossas publicações

De mineral mágico a poeira assassina: volta do amianto pode causar epidemia de câncer

O Brasil levou mais de três décadas para concluir o processo de banimento do amianto, mineral que causa câncer. Após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2017, e um período de adaptação da indústria de exploração, as minas brasileiras de amianto pararam de extrair o mineral em 1º de fevereiro de 2019. No entanto, políticos de direita estão empenhados em derrubar a decisão do Supremo e reativar a indústria do amianto, principalmente, em Goiás.

Leia mais...

Fundacentro alerta para efeitos nocivos do uso do amianto

São Paulo – Com movimentação em torno da fábrica de amianto instalada no interior de Goiás, que um grupo de senadores e o próprio governador pretende reativar, a Fundacentro, órgão oficial da área de saúde e segurança no trabalho, divulgou nota para alertar sobre os riscos do uso do produto. "Estimativas atuais calculam em mais de 200.000 mortes por ano em consequência de exposições ocupacionais e ambientais ao amianto no mundo", afirma a fundação.

Leia mais...

AMIANTO, FIBRA MINERAL CANCERÍGENA, PODE VOLTAR A SER EXTRAÍDA NO BRASIL

 

amianto foi altamente utilizado na construção civil, na produção de telhas caixas d'água, porém o Supremo Tribunal Federal proibiu a extraçãoindustrialização e comercialização da fibra tipo crisotila no Brasil, em 2017.

Empresários do setor de mineração de amianto tentam reverter a decisão, que geroufechamento de diversas minas. E para isso, contam com a ajuda de senadores, que alegam que a proibição prejudica economia e devem encaminhar ao Supremo e a Procuradoria-Geral da República um documento pedindo que, a extração e exportação voltem a ser liberados, mesmo que continue proibido comercializar e industrializar amianto no Brasil

liberação da extração de fibra pode ser um risco para os trabalhadores que se expõem diariamente, já que amianto tipo crisotila quando aspiradonão é eliminado imediatamente pelo corpo e fica preso nos pulmões

Hoje, já existem alternativas ao amianto, como materiais sintéticos de fibrose, fibrocimento, produtos que não estão relacionados a casos de câncer de pulmão e doenças como pneumonia e tuberculose.

Sem posição do STF, Sama deve fechar e demitir funcionários

Se o Supremo Tribunal Federal (STF) não se posicionar até o próximo dia 15 de maio sobre o pedido de efeito suspensivo para continuidade da produção na mina de amianto Cana Brava, localizada em Minaçu, a Sama Minerações deve fechar as portas e seus 285 funcionários serão demitidos. Essa intenção da empresa foi registrada na ata da última assembleia geral dos trabalhadores, realizada no dia 12 de abril, quando a suspensão dos contratos de trabalho foi prorrogada por mais 30 dias.

Leia mais...

София plus.google.com/102831918332158008841 EMSIEN-3